4 de jan de 2013

[Notícia] Resenhas chegando!


Aí em cima, vocês podem ver duas coisas que eu amo muito nessa minha vida (caso, é claro, considerarem o número de livros como uma "coisa" só).
A primeira é Jeremy, meu cachorro de pelúcia, que é a coisa mais linda e querida desse mundo. Você, normalmente, deve pensar que eu o tenho desde meus dois anos de idade, e que ele é especial para mim dessa forma por que acompanhou toda a minha infância e adolescência, tornando-se meu melhor amigo inseparável quando o mundo lá fora era frio e cruel com uma pobre criança que gostava de ler.
Mas não. Eu o comprei há três semanas numa lojinha de 1,99 (ironicamente, ele custou R$10).  
Imaginem a cena: Uma garota de quase dezesseis anos de experiência neste planeta Terra, no meio de uma loja entediante, surtando horrores enquanto abraçava um cachorrinho peludo e implorava escandalosamente para sua mãe levá-lo para casa.
Bem. Essa era eu.
E, mesmo não sendo muito fã de cachorros ou animais em geral (não me bata, ok? Acontece que os bichos não gostam de mim. É alguma coisa da natureza, sei lá. Mas ainda tá para nascer um cachorro que não me odeie, ou um gato, ou papagaio, ou qualquer coisa. Bichos não me amam. Fim.), Jeremy acabou ganhando grande parte do meu coração, simplesmente por ser fofo, cheiroso, apertável, beijável, e não dar trabalho nenhum. Não come, late, faz barulho, se suja, e - a melhor parte - não faz cocô. 
Por isso eu o amo. Incondicionalmente.
E não consigo mais me imaginando lendo ou escrevendo ou vendo filmes/séries sem ele.
A segunda coisa é meu presente de natal (~fangirling forever~). A caixa da Saraiva chegou hoje, e eu apenas a abracei e surtei durante mais ou menos quarenta minutos, aturando as tagarelices do meu irmão. Levei quase cinco horas para decidir qual livro começar a ler. Optei por A Culpa é das estrelas, de John Green, e honestamente, são as melhores oitenta páginas que já li.
Resenha em breve.
E CHEGAMOS AO ASSUNTO QUE EU QUERIA FALAR! RESENHAS! Me comprometi a resenhar tudo o que lesse quando criei o tópico neste blog, e nesse ano de 2013, vocês vão ver Sarah postando com tudo aqui. Estou com exatos doze livros (12!) para ler, e isso significa 12 resenhas ao longo dos próximos dois meses, no máximo. Muito provavelmente menos.
Além de que, um dia, pretendo resenhar fanfics também.
Hoje, rabisquei na Agenda Mágica (só que não) a resenha que virei a postar nos próximos dias, do livro Ainda não te disse nada, do fantástico brasiliense Maurício Gomyde. Já adianto que é perfeito para os que acreditam no amor verdadeiro e na força do destino. Spoiler? Amor à primeira vista tá por fora com esse livro. O negócio aqui é amor à primeira leitura.
Os livros que comprei foram, caso não estejam conseguindo ler: A garota americana e Quase pronta, edição vira-vira, de Meg Cabot R$16 nas Americanas, quase infartei; A culpa é das estrelas, John Green; O céu está em todo lugar, Jandy Nelson dá pra acreditar que eu paguei R$10 num livro de capa dura?????????? Estou pirando!; As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky; Dezesseis Luas, da série Beautiful Creatures, Kami Garcia e Margaret Stohl duas autoras em uma série de sucesso que vai virar filme? Preciso ler; Melancia, Marian Keyes quem nunca ouviu falar desse livro?; Orgulho e Preconceito, Jane Austen talvez eu não venha a resenhá-lo, mas quem sabe escreva sobre ele e suas adaptações para o cinema; A Promessa, Richard Paul Evans; Lola e o garoto da casa ao lado, Stephanie Perkins por que será que eu já quero casar com a autora só pelo nome do livro?; E, Deus! Morte Súbita, J.K. Rowling mas também pode chamá-la de Tia Jo ou simplesmente Rainha.
É isso, amores! Aguardem por que resenhas vem aí, além de minhas singelas maluquices e possessos de criatividade que transformo em fanfics.
Muito amor,
Sarinha :3

Nenhum comentário:

Postar um comentário