12 de out de 2013

Dica de sábado: Puncture, The Losers e Street Kings

Oi pessoal! Tô aqui hoje para indicar três filmes do (meu) Chris Evans pra vocês, à pedidos da Becca. Ela disse que nunca tinha visto indicações de filmes por aqui e que adoraria passar a noite dela vendo filmes do Evans, hahaha. Então aqui estou. 
Eu queria pedir desculpas também pelo tempinho sem vir aqui, mesmo que fosse pra falar de algum cantor. Tive uns probleminhas pessoais e precisei ficar sem escrever para cá. 
Enfim, espero que ninguém tenha assistido nenhum desses três filmes que separei. Bom, cada filme tem lá sua mensagem e estilo, então eu tentei escolher os melhores. Mas o problema de escolher os melhores foi: eu sou apaixonada pelo Chris Evans e acho que todos aqui já sabem disso, pois então, vejam só, foi difícil pra caramba escolher três. Eu posso até dizer que esses três são meus preferidos (juntamente com Capitão America e Os Vingadores). Tentei separar filmes com estilos bem diferentes. O Puncture é um tanto quanto dramático, The Losers meio que junta todos os estilos — ação, romance, suspense e comédia — e Street Kings é policial. 
Aqui vai a sinopse (e um bocado da minha opinião) de cada um:


Puncture (Código de Honra): Vicky (Vinessa Shaw) é uma enfermeira de um hospital em Houston cuja vida toma um rumo inesperado quando ela é acidentalmente picada por uma seringa usada. A agulha fora utilizada num paciente HIV soro-positivo e Vicky contrai AIDS. Jeffrey Danfort (Marshall Bell) é um amigo de Vicky que desenha equipamento hospitalar e ele está desenvolvendo uma seringa com ponta segura que poderia prevenir tais erros. Entretanto, enquanto Jeffrey tenta vender sua nova invenção à fabricantes farmacêuticos, ele descobre o quanto eles são governados pela corrupção. Ele resolve processar estas companhias contratando o serviço de Weiss & Dazinger, uma pequena firma de advocacia ansiosa por qualquer negócio. Mas enquanto Paul Danziger (Mark Kassen) depende de seu trabalho para sustentar sua esposa e filhos, Mike Weiss (Chris Evans) está mais preocupado em sustentar o seu vício pela cocaína, que está saindo de controle. Apesar de Mike ver o caso como uma chance de se provar, sua dependência é um obstáculo constante.





Eu, particularmente, adorei o filme e a mensagem que ele traz. Mike mesmo sendo um viciado, sabia exercer sua profissão muito bem e lutava por tudo aquilo que queria. Fazia algumas merdas, sim, fazia, muitas. Mas mesmo assim sempre foi um homem admirável, pelo menos na minha visão. O filme é baseado em fatos reais, o que mais me deixou embasbacada. Porque, oras, até a saúde estava (ou está, vai saber né?) sendo influenciada pela corrupção. Coisa horrível, pois é. Não vou comentar muito porque senão me descontrolo e conto tudo o que acontece. Enfim, acho digno vocês assistirem. Vale a pena e não é um filme tão longo assim. 



Nota: 9,5 (meu personagem favorito morre no filme, por isso não merece um 10 HAHAHAH)



The Losers (Os Perdedores): Clay (Jeffrey Dean Morgan), Jensen (Chris Evans), Roque (Idris Elba), Pooch (Columbus Short) e Cougar (Oscar Jaenada) são integrantes de uma unidade de elite das forças armadas dos Estados Unidos. Eles são enviados em missão na Bolívia, mas lá são traídos por um poderoso inimigo o qual apenas se sabe seu nome: Max (Jason Patric). Dados como mortos, eles planejam virar o jogo contando com a ajuda de Aisha (Zoe Saldana), uma bela e misteriosa mulher.





Acho que nunca vou conseguir descrever o quanto amo essa história. Para quem não sabe, The Losers é uma adaptação de uma história em quadrinhos. Quando vi que teria o filme, quase morri do coração. Quando assisti o filme, quase morri de novo. Sabem por quê? Porque o Evans simplesmente faz o meu personagem favorito. Ele não se contentou em ser meu ator favorito e meu marido mentalmente, teve que atuar, também, como meu personagem favorito de The Losers... Enfim! hahaha 

O filme vale bem a pena (assim como o quadrinho, super recomendo) assistir. Ele dá mil reviravoltas, surpreende e te anima, sem contar o fato que te faz dar altas gargalhadas. É simplesmente foda, juro! Assistam e se apaixonem pelos personagens, porque todos são incríveis. 


Nota: 10


Street Kings (Os Reis da Rua): Los Angeles. Tom Ludlow (Keanu Reeves) é um veterano policial que enfrenta problemas desde a morte de sua esposa. Quando descobre que seu colega de trabalho foi executado ele passa a combater o sistema que vigora na polícia local, o mesmo o qual fez parte e defendeu ao longo de toda sua carreira. Isto faz com que questione a lealdade de todos ao seu redor, incluindo a do capitão Jack Wander (Forest Whitaker), seu mentor.




Olhem, eu realmente não sei o que dizer sobre esse filme. Eu simplesmente o amo. Tem uns filmes (tipo London) que eu só amo por ter o Evans, outros que eu amo pelo contexto, a forma que o diretor levou esse contexto e o elenco. Esse é o típico filme que eu amo por tudo. Acho que filmes policiais são, definitivamente, meus favoritos (só perdendo – um pouco – pros filmes mentirosos, porque amo filmes mentirosos — tipo Carga Explosiva ou Velozes e Furiosos). Esse é outro filme que dá altas reviravoltas. Você passa o filme inteiro achando uma coisa e, no final, puf!, é simplesmente outra e você fica de queixo caído com a perfeição que conseguem fazer esse nó em nossas cabeças. Para quem gosta desse estilo, o filme é realmente incrível. Vale muito a pena! 

P.S.: Um ótimo motivo para ver o filme, também: Hugh Laurie (Dr. House) está no elenco!!!!!!! hahaha


Nota: 9 (personagens que eu adoro morrem, licença porque desconto ponto por isso HAHAHA).



Bom, é isso aí, gente. Espero que tenham gostado do post. Assistam os filmes e depois corram aqui nos comentários para dizer o que acharam, beleza?! Até o próximo sábado! <3





Nenhum comentário:

Postar um comentário