5 de set de 2013

Tutorial DIY: Vira-Tempo

Olá, (con)textuados lindos! Mais uma quinta, e aqui a Sofia está de volta para conversar com vocês. Porém, dessa vez, resolvi fazer algo diferente: em vez de uma resenha, temos um tutorial de DIY (do-it-yourself, que corresponde a faça-você-mesmo). Eu sou praticamente obcecada com DIY’s, porque:
a) eu adoro trabalhos manuais, é algo que eu simplesmente amo fazer;
b) acho muito legal poder fazer as coisas ao meu jeito e gosto, e ficar com um produto final diferente de tudo o que poderia comprar numa loja;
c) poupar dinheiro é bom!;
d) a minha coisa preferida no mundo é criar, mesmo que seja apenas um pequeno anel, ou algo assim. Faz-me sentir bem.

Então, uma das minhas criações preferidas foi (oh, a eterna surpresa de haver uma relação com Harry Potter!) um colar vira-tempo, estilo Hermione, que eu fiz há cerca de um ano. O original é esse:


E o meu ficou assim:


Você pode fazer um mais pequeno e mais perfeitinho, tudo depende dos materiais que encontrar. O meu maior problema foi não achar anéis maiores que aquele anel de chaveiro que ficou no centro. Eu pensei em tentar arrumar uns mais pequenos, mas aí seria mais difícil trabalhar com os materiais, porque tudo teria que ser feito em ponto mais pequeno… e bem, você entendeu a dificuldade. Mas se se sentir à vontade em fazer a experiência, tem todo o meu apoio! Confesso que eu mesma queria experimentar de novo.
Vamos àquilo que você precisa para começar.

Materiais:

- Os anéis de chaveiro que você consiga arranjar, desde que caibam bem dentro uns dos outros;
- 2 missangas grandes, que caibam juntas dentro do seu anel mais pequeno;
- 4 missangas mais pequenas;
- Arame;
- Tinta ou spray dourado;
- Super cola;
- Essas duas ferramentazinhas (uma delas para trabalhar o arame – não necessariamente igual à que tenho aqui – e a outra para cortá-lo):


Instruções:

(1) Pegue seu anel mais pequeno e corte um pedaço de arame que não esteja torto como o da imagem que o atravesse de um lado ao outro, deixando ainda comprimento suficiente para enrolar ao redor do anel, de forma a segurá-lo. Passe as duas missangas pelo arame e enrole o excesso ao redor do anel. Eu só enrolei uma vez, mas você pode e deve enrolar mais um pouco.

(2) Corte um pedaço de arame mais ou menos nessa proporção em relação ao seu anel. Enrole uma das pontas ao redor do anel, fixando-a bem.

(3) Passe uma das missangas mais pequenas pelo arame (aqui, ela é igual às outras duas, mas ignore – você precisa que a missanga seja pequena).

(4) Pegue seu alicate de pontas achatadas e enrole a outra ponta do arame sobre si mesma, de forma a criar uma espécie de nó que impedirá a missanga de deslizar ou cair - como na foto.



(5) Corte um pedaço de arame mais ou menos do tamanho do pedaço anterior e enrole uma das pontas como demonstram as fotos. NÃO APERTE DEMAIS! É importante que você possa deslizar outro arame por entre essa espiral, porque…


(6) … agora você irá passar a espiral pelo pedacinho de arame que ficou entre o anel e a missanga. Depois, use o alicate e achate a espiral, de modo a ficar só um círculo mais pequeno do que a sua missanga.

(7) Encurve o resto do arame de modo a que ele se ajuste e se encoste à missanga. NÃO CORTE O EXCESSO! Será necessário. Repita o processo para o outro lado.


Se você tem outro anel de chaveiro, pule para o passo (8).

(7.1) Esses passos são apenas para quem, como eu, não conseguiu mais do que o primeiro anel de chaveiro. Pegue no seu arame e experimente-o ao redor daquilo que você já fez, de forma a que ele se encaixe. Deixe um bom pedaço de excesso e corte.

(7.2) Feche o seu aro sobrepondo as duas pontas por alguns milímetros e enrolando o excesso dos dois lados, exatamente como fez no segundo passo, por exemplo. Aperte bem e achate se necessário.  Assim que lhe pareça firme o suficiente, sem que se desenrole, pode cortar o restante excesso.

(8) Pegue o seu segundo aro ou anel e enrole o excesso de arame que deixamos no passo (7) ao redor dele, de forma a ficar bem apertado. Se você está trabalhando com o aro que fizemos nos passos (7.1) e (7.2), recomendo que enrole uma das pontas sobre o ponto de fecho do aro, como demonstra a foto. Isso vai impedir que ele deslize.
Pouse isso por agora.

(9) Corte dois pedaços de arame com cerca de 3 cm cada. Pegue num e dobre uma das pontas de forma a impedir a missanga pequena de cair (ver passo 4). Pegue nas duas missangas pequenas que faltam e passe-as pelo arame. Se tiver um terceiro anel, é só enrolar o excesso de arame ao redor dele. Se tiver que criar um aro, forme uma espiral pouco mais larga que o seu arame e achate de seguida, de forma a que a peça fique igual à da foto.


(10) Notou que nem as pecinhas, nem o seu terceiro anel estão ligados à peça central do vira-tempo que você já criou? Pois é, mas é só repetir os passos (5) a (7), e enrolar as pontas ao redor do seu segundo anel, como mostram as fotos!

(11) Se vai criar o seu terceiro aro, só necessita de repetir o passo (7.1), passar o aro que criou pelas espirais que estão na ponta da peça das missangas, e repetir o (7.2). Verifique mesmo que passou o aro pela pecinha antes de fechá-lo, para não ter que desfazer o seu trabalho depois. Seu vira-tempo deve estar, nessa fase, com o aspeto da foto.

(12) O que eu fiz para poder pendurar o vira-tempo num fio, foi apenas pegar em mais dois pequenos pedaços de arame e formar duas saliências, enrolando as pontas firmemente sobre o fecho do terceiro aro.

(13) Passe super cola nos locais de ligação entre os aros – nas espirais achatadas, se quiser. Tenha cuidado para não colar certos arames às missangas, pois, como já deve ter notado, é isso que faz com o vira-tempo gire. O ideal é que esses arames fiquem o mais soltos possível.

(14) Pinte o seu vira-tempo de dourado! Se for utilizar spray, tenha em atenção que o deve fazer num local arejado e NUNCA dentro de casa. Deixe a tinta secar e…




… o seu vira-tempo está pronto! É só pendurar numa corrente ou fio e pô-lo ao pescoço! E não tenha medo de o girar naqueles dias em que só precisava de mais umas horinhas ;)



PS: Não nos responsabilizamos pelos danos causados a bruxos que mexeram com o tempo.





4 comentários:

  1. Que legaaaaaaaaaaal *o*

    Amei, amei!

    Vou fazer!!!

    Beijo

    http://agarotaeotempo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou!!! Quando fizer, me avise e poste foto, pra eu ver, pode ser? :D
    Vou dar uma olhada no seu blog :)
    Beijão!!! Obrigada por comentar :)

    ResponderExcluir
  3. eu fiz um, ficou superpotter...kkkk

    ResponderExcluir