22 de set de 2012

Capítulo 21

An afternoon... more than pleasant



Pov. Narrador

Sarah tocou a campainha. Hayley atendeu.
— Hey cat! — Sarah disse e a abraçou. — Melhorou o pezinho? — disse entrando. Hayley riu e fez que sim com a cabeça.
— Não dói mais... só coça. Estaria pior se Josh não tivesse imobilizado no primeiro momento.
— Hm... Josh é nosso herói! Uhul! — Sarah disse e elas riram. — Mas Hay, porque vocês se afastaram do grupo mesmo? Vocês nem eram parceiros...
— Dakotah e Taylor ficaram namorando pra lá, eu desisti de chamar ela pra fazer o trabalho e fui fazer sozinha. Esbarrei nele sem querer e aí a gente começou a brigar. E então ele começou a me seguir, e a gente brigando. Percebi que eu não sabia onde eu tava e nem ele. Começou a chover, eu tropecei, ele imobilizou e aí a gente... es-esperou os outros nos acharem.
— Ahnn... Olha Hayles, se eu não te conhecesse, e não soubesse que vocês se odeiam, eu diria que você não teria resistido a barriga de tanquinho dele molhada e teria agarrado ele no matinho mesmo. — Sarah riu e Hayley a olhou espantada.
— Peraí... você não... — Hayley abaixou a cabeça. — OH MY GAAAAHHHH!!! Você agarrou o Josh! Caraca! — Sarah começou a falar e dar gritinhos. — Owwwn! Que bonitinho, vocês juntos! Ah, ah, ah! Gente! Ele beija bem? Tem pegada?
Hayley a olhou assustada.
— Ér... sim...?
— Ah, cara! Como tu não contou isso pra mim antes?
— Eu tive medo disso. — Hayley disse e olhou para ela.
— Mas... como foi? Me diz, garota!
— Foi estranho... a gente tava brigando, eu fui levantar pra dar um tapa nele e caí. Ele me fez uma massagem e me beijou. Foi calmo, bem diferente daquele dia no...
— Aquele dia no...? COMO ASSIM? VOCÊ JÁ FICOU COM ELE ANTES? OH MY BUTTERFLY!
Hayley levou as mãos a cabeça, demonstrando total arrependimento pelo que tinha dito.
— Fala Hayley!
— Eu fiquei com ele quando éramos crianças, ok? Eu tinha 6 anos.
— Eu sei disso, ow... eu quero saber o que foi “diferente daquele dia no...” — Ela sorriu.
— No elevador. — Hayley sussurrou.
— VOCÊ AGARROU O JOSH NO ELEVADOR TAMBÉM? Caaaara, e eu achando que eu tinha errado em levar você pra lá! AAAAHH... por isso você ficou tão irritada quando saiu de lá, né?
— É...
— OH MY GOOOSH! Hayley, sua pegadora!
— Sarah, me prometa que você não vai contar isso pra ninguém.
— Mas eu...
— Sarah! Me prometa.
— Mas e o Jeremy...
— NEM PRA ELE! Me prometa que você não vai contar isso pra ninguém.
— Mas ele é meu namorado...
— Sarah, se você contar isso pra alguém eu juro que pego a sua linda cabecinha e a espremo como se fosse uma laranjinha. Faço um suco e dou para os mendigos beberem. Me prometa, caraca!
— Tá... eu não vou contar.
— Run. Melhor assim. — Ela revirou os olhos.
— Beem... eu trouxe pipoca, de microondas. Afinal, eu vim aqui ver o filme, né? — Sarah disse.
— É.
— Ótimo. Vamos fazer?
— Tá bem.

[...]

— Você não acha que já passou da hora de tirar não? — Hayley disse. A pipoca estava no microondas a 5 minutos.
— Hmm... não sei. Pode ser.
Ela retirou a pipoca com um garfinho — afinal, estava muito quente — e abriu com o mesmo. Um cheiro desagradável subiu.
— Ah, cara, eu não acredito que queimei! — Sarah disse lamentando.
Hayley riu.
— Só você pra queimar pipoca de microondas! Meu Deus! Como alguém consegue?
— Só a gente pra queimar pipoca de microondas, Hayley.
Elas riram bastante. Então a campainha toca.
— Quem é? — Hayley pergunta pra Sarah.
— Eu tomei a liberdade de chamar alguém, você não fica com raiva, né? — Sarah disse rindo de canto. Não deu oportunidade pra Hayley responder e saiu correndo para atender a porta.
— ZAAAC! — Ela gritou e o garoto fez o mesmo.
— Saraaaah!
— Oi amor. — Sarah disse e beijou Jeremy. Cumprimentou Emily, que estava com Zac, e também Josh, que Zac levou. Taylor e Dakotah também foram convidados por Zac. Na verdade, eles que ajudaram a carregar Josh pra lá.
Acho que vocês já entenderam o plano deles, certo? Então.
Hayley escutou a voz de Zac na sala e andou o mais depressa possível pra lá. Chegando na sala deu de cara com Zac, Jeremy, Taylor, Dakotah, Emily e Josh. Olhou direto para Sarah, que sorria de orelha a orelha.
“Eu. Mato. Você.” Ela disse sem som, apenas para Sarah. Ela riu.
— Hayleybaaall! — Zac disse assim que a viu e levantou a ruivinha do chão.
— Zac, Zac — ela começou —, eu não consigo respirar.
Ele a colocou no chão.
— Hayley! — Jeremy a abraçou. — Melhorou o pé?
— Sim, tá bem melhor, Jerm.
— Zac me contou o que aconteceu. Ainda bem que Josh estava lá, né Hayley? — Emily comentou.
— Sim. Ainda bem... — Ela concordou sem querer, o que fez Sarah dar uma risadinha. Josh corou.
— Hayley, foi mal eu ter te deixado naquele dia, sério... — Dakotah disse.
— Não te preocupa. — Ela olhou pro garoto de cabelos cacheados grandes.
— Mas enfim, nós vimos aqui pra quê mesmo? Coloca o filme aí. — Taylor.
Sarah pegou os dois.
— “Sim, Senhor” ou “Atividade Paranormal”?
— Eu quero “Atividade Paranormal”.
— Eu quero “Sim, Senhor” — Hayley e Josh disseram as duas opiniões diferentes ao mesmo tempo.
— Ah, qual é. Vamos ver alguma coisa que dá medo. — Hayley falou revirando os olhos.
— Pra quê você quer ter medo? Vamos ver alguma coisa engraçada.
— Eu não tenho medo de filmes, Josh. Por isso quero ver “Atividade Paranormal”.
— Pára de ser obscura, garota. Você, no fundo, quer se divertir.
— Obscura e a cadela. Eu quero ver o filme de terror porque eu amo filmes de terror.
— Mas eu amo comédias.
— Que se dane, eu quero “Atividade Paranormal”.
E eles começaram a discutir.
— Ei, ei! — Jeremy. — Vamos abrir uma votação, ok? Sarah, você quer o quê?
— “Sim, senhor”.
— E você, Zac?
— “Atividade Paranormal”.
— Emily?
— “Sim, senhor”.
— Taylor?
— “Sim, senhor”.
— Eu quero “Atividade Paranormal” — Disse Dakotah.
— Eu quero “Atividade Paranormal”, e... empatamos. Ok, vamos sortear.
Jeremy pegou dois pedacinhos de papel e escolheu um deles.
— “Atividade Paranormal”, year.
— Eu serviria pipoca pra vocês, mas a Hayley queimou tudo.
— EU?! Tu que queimou, sua vaca. — Hayley disse e revirou os olhos.
— Tudo bem... eu nunca fiz pipoca sem queimar também.
— ERA DE MICROONDAS! — Hayley disse e Sarah levou um dedo a boca, típico de criança levada. Todos riram.
— Hayley, como você queimou uma pipoca de microondas? — Jeremy.
— Não fui eu. — Ela revirou os olhos.
— Mas você tava na cozinha na hora. Foi cúmplice.
— Ah, ótimo. Coloca logo esse filme.

[...]

Demônios.
Demônios.
Muitos demônios.
Mais demônios.
Sangue.
Gritos.
Demônios.
Emily rindo de toda a desgraça.
Sim, Emily estava rindo. Era só um demônio assustar alguma pessoa, que ela começava a rir. Sendo assim ela riu o filme inteiro. E muitas vezes ninguém entendeu nada por causa das suas sonoras risadas.
Menina estranha.
Quando o filme acabou eles decidiram ver o outro. Jeremy tirou o disco do aparelho de DVD.
— Olha, Sarah, da próxima vez alugue Harry Potter. Sério, Emily, como tu ri de tanta merda?
— Eu não sei... dá vontade de rir, aí eu rio.
— Que estranho. — Hayley suspirou.
Sarah cutucou Jeremy, que cutucou Zac, que cutucou Emily, que cutucou Taylor e Dakotah. E todos disseram quase ao mesmo tempo que tinham de ir ao banheiro. Saíram imediatamente.
— Que coisa estranha! Emily está contagiando todo mundo.
— Acho que já sei por que eles saíram.
— Por quê? — Josh perguntou confuso.
— Sarah. — Hayley bufou. — Contei a ela.
— Contou o quê?
— O quê, Josh? Aff.
Ele arregalou os olhos.
— E ela contou a Jeremy?
— Não. Ela descobriu hoje!
— Mas Zac já sabia tem tempo...
— Oh, droga! Eu mato eles. — Ela tentou se levantar da almofada que estava sentada, mas não conseguiu. Josh se levantou e segurou sua mão, e a outra mão segurou sua cintura.
Ela se levantou deixando seu rosto perto do dele. Perto demais.
Olhou para os seus olhos, que estavam mais brilhantes do que nunca. E mesmo se esforçando para não olhar seus lábios, ela o fez. Dando de cara com aquele piercing mais do que perfeito. Um arrepio passou pelo seu corpo. Ela não tinha forças para se afastar. E nem ele. Olhou de novo para o piercing e ele o mordeu.
Isso foi o fim.
Ela agarrou seu rosto e o puxou para o beijo. Sua língua quente fazia a perfeita transição com aquele piercing gelado, que deixava o beijo mais do que gostoso.
— AEEEEEEEEEEEEE! — 6 pessoas ao fundo disseram. Eles se separaram brutamente.
— Merda. — Josh sussurrou enquanto Zac, Emily, Sarah, Jeremy, Taylor e Dakotah se acabavam de rir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário